Programação diversificada atrai 100 pessoas ao Centro de Cultura Ordovás
Exposição, show e sessão de autógrafos marcaram a noite da última sexta-feira (13/04)
Postado dia 14/04/2018 às 14:27

O Centro de Cultura Ordovás proporcionou uma noite recheada de atrações na última sexta-feira (13/04). Cerca de 100 pessoas participaram do vernissage da exposição “Seres Imaginários”, da artista plástica paulistana Kira Luá, e ainda prestigiaram o lançamento do livro "A árvore de colher estrelas", do escritor Elvio Gonçalves. Para fechar a noite, a banda “Disco”, formada pelos músicos Fernando Lusa e Diego De Toni, subiu ao palco do Zarabatana Café para apresentar um repertório de covers, releituras e músicas autorais.

Na Galeria de Arte, no escuro, apenas com a luminosidade da luz negra, a artista plástica Kira interagiu com o público ao trazer para o círculo de pessoas duas de suas criações, pintadas com tinta neon. Embalado pelo som que compôs o ambiente da performance, o público brincou, reproduziu sons e mergulhou na imaginação da artista.

“Foi muito legal a interação do público caxiense. Já expus em outras cidades, estados e cada lugar tem uma resposta diferente. Essa foi a primeira vez, por exemplo, que o público interagiu com sons. O legal da arte é isso. É proporcionar esses momentos de fruição e mostrar que ela não precisa ser uma coisa estanque. Pode ganhar movimento”, defende a criadora de “Seres Imaginários”.

No fim de semana do dia 28 de abril, Kira realizará duas atividades paralelas à exposição, também no Ordovás. Uma visita guiada para o público em geral ocorrerá às 18h. Já o público infantil e juvenil, acima dos sete anos, terá uma oficina de criatividade a partir das 15h30, com duas horas de duração. As atividades têm vagas limitadas e os interessados devem se inscrever até o dia 25 de abril.

A visita guiada é gratuita com inscrição pelo e-mailuniartes@caxias.rs.gov.br. A participação na oficina de criatividade custa R$ 15 e os responsáveis devem informar o nome das crianças pelo e-mailkira.artes@gmail.com. Menores deverão ter acompanhamento dos responsáveis.

A professora Dionéia Aparecida Corrêa Neto Balbinot, 56 anos, conferiu todas as atrações da noite. “Vim para visitar a exposição e acabei surpreendida positivamente. Aqui no Centro de Cultura respiramos arte, interação. Adorei a programação”, comenta.

Assessoria de Imprensa - SMC